Itaipu vai custear instalação de câmeras de segurança na Ponte Internacional da Amizade

Publicado em 26/03/2018
Imagem do Artigo Itaipu vai custear instalação de câmeras de segurança na Ponte Internacional da Amizade

Ponte da Amizade: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional

A Ponte Internacional da Amizade, principal ligação entre o Brasil e o Paraguai, vai ganhar um sistema informatizado de monitoramento com cerca de 130 câmeras, capaz de identificar rostos e placas de veículos, acompanhar acessos e checar informações em bancos de dados eletrônicos dos dois países. A Itaipu Binacional vai custear o projeto, que terá um custo estimado em torno de R$ 2,5 milhões. 

O anúncio da instalação das câmeras foi feito nesta sexta-feira (23), durante a visita do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. O ministro veio ao Paraná para uma série de compromissos em Cascavel e em Foz do Iguaçu; a agenda incluiu um almoço no restaurante Porto Kattamaram na Itaipu, onde foi recepcionado por diversas autoridades, incluindo o diretor jurídico da Itaipu, César Ziliotto, e o diretor administrativo, João Pereira. 

“É fundamental que seja feita uma fiscalização adequada na Ponte, sobretudo por estarmos numa região de fronteira. Se, por um lado, essa é uma fonte de riqueza para todo o Brasil, é, também, raiz de problemas que se refletem em todo o país, pois por aqui passam contrabando, drogas e armas”, pontuou o ministro. “Agradecemos a Itaipu por esse apoio.”

O projeto, elaborado pela Polícia Federal de Foz, é totalmente binacional. “Uma vez implantado, [o sistema] será operado pelos órgãos de segurança dos dois países, e cada país terá total controle dos dados coletados em sua respectiva área”, explicou o chefe da Assessoria de Informações da Itaipu, o general de reserva Luiz Felipe Kraemer Carbonell. 

O projeto está, agora, em fase de aprovação e de elaboração de licitações. Ainda não há previsão para a instalação dos equipamentos, mas, segundo César Ziliotto, o assunto será tratado com celeridade. “A Itaipu tem o compromisso de fazer com que esse projeto não só seja efetivado, como seja efetivado o mais rápido possível, dada sua importância estratégica para os dois países”, disse.

Também participaram do evento o delegado-chefe da Polícia Federal em Foz do Iguaçu, Fabiano Bordignon; o diretor geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias; o secretário estadual de Segurança Pública, Júlio Reis; o superintendente regional da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo; o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro; entre outras autoridades representando as Forças Armadas e demais órgãos de segurança do país, do estado e da cidade de Foz do Iguaçu. 

Agenda

O ministro Raul Jungmann veio ao Paraná nesta sexta-feira para inaugurar a nova unidade operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Cascavel. Instalado na BR-277, o posto é considerado estratégico no combate a crimes como o tráfico de drogas e de armas e munição que entram pelo país pela fronteira com o Paraguai e seguem para outras regiões como o Rio de Janeiro e São Paulo. O novo posto é coberto, blindado, tem 3,6 mil m² e custou R$ 3,6 milhões.

Para o reforço na segurança, o ministro Jungmann anunciou ainda a abertura de concursos públicos com 500 vagas para a PRF e 500 para a PF e a liberação de R$ 150 milhões para investimentos na infraestrutura da polícia rodoviária.

Publicidade

Avianca

Publicidade - TV ABRAJET

Publicidade