Fortaleza na rota internacional do turismo

Publicado em 03/09/2018
Imagem do Artigo Fortaleza na rota internacional do turismo

Foto: Divulgação 

Com a chegada do megaempreendimento The Coral à paradisíaca Fleicheiras, litoral cearense, Fortaleza, que já virou rota direta do turismo internacional, ganha em qualidade de acomodações, unindo o compartilhamento de residências de alto padrão a serviços exclusivos de hotelaria internacional. Quem quer investir, hoje, em uma segunda residência que tenha alto padrão de construção e serviços, e com conexão direta a mais de 11 importantes cidades do mundo, pode apostar no Ceará.

“Depois da abertura de voos diretos para cidades importantes, Fortaleza se tornou destino turístico ainda mais atraente e é exatamente por isso que o Bric escolheu o litoral cearense para seu primeiro projeto no Brasil”, explica Daline Moura, Projetct Manager do grupo no mercado nacional.

Ela se refere ao projeto que reúne residencial alto padrão com vendas por frações imobiliárias e serviços de hotelaria, beach club e resort internacional. O projeto teve pré-venda aberta na última semana e está prestes a inaugurar um mega plantão de vendas na Beira Mar, em Fortaleza. “O objetivo é conquistar um mercado seleto e exigente, que deseja qualidade, mas que não abre mão de ser cidadão do mundo”, revela Daline, que explica: “ao comprar frações de uma residência, por exemplo, o cliente é imediatamente associado à maior empresa de intercâmbio do mundo e pode usar parte da sua fração em mais de 100 destinos ao redor do globo”.

Imagine ter uma segunda residência maravilhosa, em uma das praias mais desejadas do litoral brasileiro, foco do turismo de esporte, especialmente o kite surf, e ainda poder usar parte das suas férias em um lugar diferente a cada ano. Pois essa é a proposta do The Coral. E tem mais: “diferente da venda de tempo compartilhado, praticada por outros empreendimentos, a venda de frações proporciona ao comprador ter um bem imóvel com escritura, que pode ser vendido e repassado com herança aos filhos, por exemplo”, revela Daline.

A primeira fase de vendas tem 88 residências disponíveis, algumas divididas em até 26 frações, vendidas por valores a partir de R$50 mil, nessa primeira etapa. A venda será realizada com 4 mix de produtos: diamante, ouro, prata e bronze, cada um com residências distintas e diferentes períodos de permanência. O projeto do The Coral está estimado em 150 milhões de dólares e foi totalmente financiado por investimento próprio. O complexo deve começar a operar já em 2021.

Publicidade

Avianca

Publicidade - TV ABRAJET

Publicidade