227º Círio de Nossa Senhora de Nazaré supera expectativas
As romarias nazarenas deste ano foram 12, onde a imagem da Virgem de Nazaré fez uma das maiores jornadas na história dos Círios/Foto: Eko/Agência Notícia Gerais

227º Círio de Nossa Senhora de Nazaré supera expectativas

Abrajet Pará tem efetiva participação no mega evento religioso-turístico

A diretoria da Festa de Nossa Senhora de Nazaré, responsável pelo evento religioso-turístico que cresce a cada ano (em 2019, superou um total de mais de dois milhões de romeiros) e leva turistas de todo o mundo à capital paraense, Belém, com colaboração do Dieese/Pará, apresentou os números finais do balanço dos 15 dias da chamada quadra nazarena.

A apresentação aconteceu no auditório Dom Vicente Zico, no Centro Social de Nazaré/Foto: EKO/Agência Notícia Gerais

A apresentação aconteceu no auditório Dom Vicente Zico, no Centro Social de Nazaré. O novo coordenador da festa para o ano de 2020, advogado Albano Martins, participou da coletiva em companhia do atual coordenador do Círio de 2019 (que deixa a função em novembro vindouro), Carlos Acatauassú e do também diretor Flávio Américo. O coordenador do Dieese, Roberto Sena, apresentou os dados estatísticos.

Com apoio da diretoria da Abrajet Pará, Secretaria de Estado de Turismo, empresários dos setores gastronômico, hotelaria, entidades e órgãos como a ABAV/Pará e SEBRAE/Pará jornalistas abrajeteanos realizaram ampla cobertura do mega evento religioso e divulgaram em seus veículos suas impressões, que corroboram dados fornecidos pela diretoria da festa e pelo Dieese/Pará. Os jornalistas Rogério Almeida (Abrajet da Paraíba), Gutemberg Bogéa e Henrique Buiz, ambos da Abrajet do Maranhão, além de fotógrafas portuguesas, se mostraram “maravilhados” com evento e deram amplo espaço em publicações do Nordeste brasileiro e em Portugal.

“No encerramento oficial do 227º. Círio de Nazaré, em Belém, um dos maiores já realizados, (…) os números impressionam. (…) As romarias nazarenas deste ano foram 12, oportunidades nas quais a imagem da Virgem de Nazaré fez uma das maiores jornadas na história dos Círios. Ela percorreu cerca de 132,300 kms de romarias na Grande Belém por terra e água, em quase 35 horas de procissões. (…) Mesmo realizadas em um cenário de bastante dificuldade, com a economia ainda em recuperação e com os custos em alta, as romarias nazarenas do Círio deste ano foram consideradas uma das mais bem organizadas e concorridas dos últimos tempos. Estas romarias movimentaram praticamente todos os setores econômicos paraenses, com destaque para o setor de serviços (onde o foco maior é o Turismo), comércio, indústria e o setor agrícola. Com isso, o Círio de Nazaré também funciona como um grande gerador de emprego e renda para o Estado. O Dieese/Pará estima que, na quadra nazarena, a ocupação gire em torno de 60 mil pessoas (mais de 90% no mercado informal). Em termos de impactos globais, a estimativa é que o “efeito Círio” tenha injetado na economia paraense, mesmo com toda a crise, cerca de um bilhão de reais. O orçamento do Círio de Nazaré ao longo do tempo foi elaborado pela Diretoria da Festa e analisado em conjunto pelo Dieese/Pará. O orçamento do Círio deste ano foi de aproximadamente R$3,8 milhões”, destaca o quadro apresentado à imprensa.

Estudo produzido em conjunto pelo Dieese/Pará e Governo do Estado do Pará, por intermédio da Secretaria de Turismo, sobre o fluxo de turistas no Círio de Nazaré também mostrou crescimento ao longo dos anos. Para este ano, o Dieese/Pará e a Setur estimaram a participação no Círio de Nazaré de aproximadamente 83 mil turistas.

Fonte: Nilton Guedes – ABRAJET Pará

Fechar Menu