ABRAJET Nacional e AFEET Brasil combatem o turismo sexual
As duas entidades, garantem Evandro Novak, presidente da ABRAJET, e Rosane Ávila, da AFFET/RS, que representou a AFFET Brasil, estarão empenhadas em combater e divulgar os malefícios que o turismo sexual /Foto: Carlos Alves

ABRAJET Nacional e AFEET Brasil combatem o turismo sexual

Duas entidades ligadas ao turismo, a ABRAJET Nacional (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo) e a AFEET Brasil (Associação Federativa de Executivas de Empresas Turísticas), formalizaram um acordo e vão, a partir de agora, desenvolver ações conjuntas para combater o turismo sexual no Brasil.


O Termo de Cooperação foi assinado durante o Congresso Nacional da ABRAJET realizado em Urubici, na Serra Catarinense, e a campanha “Exploração sexual de crianças e adolescente não é turismo. É crime” tem a proposta de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade e, especialmente o trade turístico, para participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, em especial nos estabelecimentos comerciais que recebem turistas.

Dados do Disque 100, telefone que funciona 24 horas por dia todos os dias da semana e que recebe, anonimamente denúncias de violações de direitos humanos, mostra que todos os anos são recebidas mais de 80 mil chamadas com denúncias de crimes cometidos contra crianças e adolescentes. Em 2017, a cada 6 minutos foi registrada uma denúncia, um crescimento de 7,2% em relação ao ano anterior.

Em 2020 a AFEET Brasil abrirá seu braço em Santa Catarina, através da associada Maely Silva/Foto: Carlos Alves

Esta campanha teve origem na FIASEET (Federação Internacional de Associações de Executivas de Empresas Turísticas), entidade de mulheres que hoje reúne cerca de trezentas associadas comprometidas com o desenvolvimento de seus países no campo social e do turismo e do social na Argentina, Chile, Colômbia, México, Paraguai, Peru, Espanha e Brasil, com a AFFET, que tem regionais em — Estados e que ano que vem abrirá seu braço em Santa Catarina, através da associada Maely Silva.

As duas entidades, garantem Evandro Novak, presidente da ABRAJET, e Rosane Ávila, da AFFET/RS, que representou a AFFET Brasil, estarão empenhadas em combater e divulgar os malefícios que o turismo sexual traz para a imagem do Brasil no Exterior.

Texto produzido por Neneca Campos – ABRAJET RS, Maely Silva – ABRAJET SC e Jean Luiz Féder – ABRAJET PR

Fechar Menu