Live das Abrajet’s e ABIH’s da Amazônia alcança objetivo principal
A segunda iniciativa do “Ciclo de Lives regionais da Abrajet Nacional” alcançou plenamente seus objetivos

Live das Abrajet’s e ABIH’s da Amazônia alcança objetivo principal

Ao contrário da live das Abrajet’s do Sul, iniciativa da atual diretoria da Abrajet Nacional, que tem a frente o presidente jornalista Evandro Novak (SC), para agregar as seccionais da entidade em todo o Brasil, a live que reuniu Abrajet’s dos Estados do Acre, Pará, Amazonas e Tocantins (região Norte) não superou um número maior do que cem participantes, mas alcançou os objetivos deste ciclo de lives, que acontecerá ainda nas regiões Nordeste, Sudeste e Centro Oeste.

Com a participação da secretaria de Estado de Turismo, representada pela turismóloga e diretora da Setur Pará, Natasha Pena (em vista da impossibilidade da presença do titular do órgão, André Dias), assim como dos presidentes das ABIH’s nos Estados do Acre, Tocantins e Pará, o evento virtual teve na pessoa do presidente nacional da ABIH, Manoel Linhares, o ponto alto da abordagem do tema “Setor hoteleiro e sua retomada no Norte do Brasil”.

Presidentes e associados das seccionais abrajeteanas interagiram de vários pontos do país, expondo seus pontos de vista em razão dos significativos prejuízos sofridos por empresários do setor da hotelaria, um dos mais duramente atingidos pelo novo Coronavírus. Na abertura, o presidente nacional da Abrajet, jornalista Evandro Novak, esclareceu como acontecerá este ciclo de lives, começando na região Sul e que, após a região Norte, se estenderá por outras regiões brasileiras. Enfatizou o porquê da associação de jornalistas profissionais ter procurado a ABIH para este evento. “Como a ABIH é quem nos acolhe quando realizamos nossos congressos e como o setor hoteleiro, pelo qual temos muito carinho, foi o primeiro a sentir a queda e, mesmo agora, durante o último feriado quando houve uma retomada, ela é momentânea, pois ainda vai demorar muito a voltar à normalidade. Há muitos hoteleiros que já receberam a chave, mas estão com medo de abrir as portas. As pessoas não estão saindo. Muita gente está receosa de sair de casa em vista desta pandemia”.

Associados das seccionais interagiram de vários pontos do país

Por sua vez, o presidente nacional da ABIH, Manoel Linhares, ao parabenizar a iniciativa do presidente da Abrajet Nacional em realizar esta segunda live saudou a todos os presidentes das ABIH’s e Abrajet’s da Amazônia. Lembrou a comemoração do Dia da Amazônia, uma das regiões mais bonitas, promissoras, mas ao mesmo tempo uma das mais esquecidas do país. (…) “Precisamos olhar para esta região, de dimensões continentais, que tem um problema muito sério que é possuir a menor malha aérea do Brasil. Chegou a hora de olharmos com seriedade para os potenciais turísticos desta região e implantar ações para estimular o turismo doméstico”, destacou Manoel Linhares.

Entre os presidentes de seccionais da Abrajet que prestigiaram o evento, além de Socorro Camelo (AC), Luís Pires (TO) e Thereza Cristina Hayne (PA), marcaram presença os presidentes das seccionais de Santa Catarina (Gilberto Gonçalves), de Goiás (José Torres), de São Paulo (Miriam Petrone).

Os presidentes das ABIH’s do Acre (Carlos Simão Neto), do Tocantins (Marcelo Constantino) e do Pará (Antônio (Tony) Santiago) igualmente compareceram ao evento, muito contribuindo com colocações atualizadas e pertinentes ao tema.

A turismóloga e diretora da Secretaria de Estado de Turismo, Natasha Pena, representante do secretário de Estado de Turismo, André Dias, comentou as providências tomadas pelo Governo do Estado quanto aos cuidados que devem ser tomados neste gradual retorno às atividades normais, pós Covid 19, destacando projetos que estão em desenvolvimento.

O empresário Joy Colares (presidente do Sindilojas e ex-secretário de Estado de Turismo), igualmente contribuiu ao abordar pontos importantes das peculiaridades do turismo na região Norte, em especial no Pará, onde o turismo de negócios se destaca. O profundo conhecimento de Joy Colares serviu para esclarecer dúvidas entre os participantes da live.

A presidente da Abrajet Pará, jornalista Christina Hayne, aproveitou a ocasião para mostrar a visão dos jornalistas abrajeteanos quanto às dificuldades enfrentadas na Amazônia, em especial no Pará, no setor hoteleiro complementando as importantes colocações do presidente da ABIH paraense, empresário Tony Santiago.

Segundo observadores, embora sem a participação que era esperada, a segunda iniciativa do “Ciclo de Lives regionais da Abrajet Nacional” alcançou plenamente seus objetivos, principalmente porque “o resultado da forma objetiva e abrangente como os problemas do setor hoteleiro, que continua enfrentando sérias dificuldades, foram abordados configurou a necessidade das lideranças e empresários do setor se unirem em busca de soluções imediatas para que não haja mais fechamento de empresas nesta importante indústria hoteleira”.

A colocação do presidente nacional da ABIH, Manoel Linhares, contemplou este consenso quando disse que “agora que o Brasil e o mundo todo estão iniciando um novo processo onde o turismo regional e o turismo interno será o alicerce da retomada da normalidade, chegou a hora de olharmos com seriedade para os potenciais turísticos de toda a região e implantar ações para estimular o turismo doméstico. Vocês sabem que o Brasil é o primeiro país do mundo em belezas naturais e temos tudo para nesta retomada fazermos dos sonhos acalentados por muitos uma realidade”.  

Texto: Nilton Guedes – Jornalista associado da ABRAJET Pará, Vice-presidente da ABRAJET Nacional

Fechar Menu